Projeto sobre sustentabilidade da atividade leiteira, escrito por professores da UNEMAT e do IFMT de Alta Floresta, é selecionado para financiamento do Fundo da Amazônia.

  • Escrito por Rafael Rocha
  • Publicado em Notícias

Foram selecionados, por meio do 29° edital do fundo para a promoção de paisagens produtivas ecossociais (PPP-ECOS), do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), 31 projetos de três estados da Amazônia legal – Mato Grosso, Tocantins e Maranhão.

Ao todo, são R$ 6,45 milhões em investimento que serão distribuídos pelas organizações contempladas. O apoio é para ideias e práticas sustentáveis para a conservação ambiental por meio do uso sustentável dos recursos naturais.

Para o projeto, escrito pelos professores Dr. Wagner Gervazio (UNEMAT), Me. Adriano Maltezo (UNEMAT) e Dr. Ricardo Felito (IFMT), foi aprovado o recurso no valor de R$ 150.000,00, para trabalharem em parceria com a Associação Comunitária Rural Estrela do Sul (ACRES) que se localiza na comunidade Estrela Sul (segunda sul) em Alta Floresta – MT.

O Amazon Leite busca contribuir com a sustentabilidade da atividade leiteira das comunidades Estrela Sul e Santa Helena (localizadas na segunda vicinal sul), e tem como objetivo mitigar os gases do efeito estufa (GEE) dos sistemas pecuários, visando a implementação de pecuária de leite de baixa emissão de carbono, contribuindo assim com a prevenção das mudanças climáticas.

O projeto será desenvolvido no próximo ano, e beneficiará as famílias associadas que trabalham com a produção de leite que vivem nessas comunidades e de comunidades vizinhas. O projeto ainda não faz parte da UNEMAT ou IFMT, entretanto, futuramente será institucionalizado por nosso campus.